Sâmia Bomfim

  • Educação

MEC ataca estudantes e congela o FIES

A paralisação do MEC devido o caos de gestão do Governo Bolsonaro está gerando consequências catastróficas para a vida dos estudantes.

Milhares de candidatos ao FIES (fundo de financiamento estudantil) de 2019 até agora não conseguiram iniciar suas aulas, e já estamos no fim do primeiro trimestre. Até agora não há nenhuma previsão para que o DRI (Documento de Regularidade de Inscrição) seja liberado e os estudantes possam ir até o banco confirmar o financiamento.

A situação é tão grave que a lista de estudantes pré-selecionados deveria sair no dia 27 de fevereiro, mas só foi divulgada no dia 23 de março e até agora não conseguiram iniciar as aulas. Milhares de estudantes que estão na lista de espera precisariam confirmar sua inscrição até o dia 10 de abril, porém tudo está paralisado e não há nenhuma orientação do MEC sobre o que fazer.

Diariamente estudantes vão ao banco tentar completar o financiamento e não têm nenhuma resposta. Para piorar, as universidades estão lidando com este problema de maneira arbitrária. Algumas já declararam suspensão do semestre para estes estudantes, outras não deram sinal aos e vão iniciar as primeiras provas do ano sem que os estudantes do FIES pudessem ter assistido as aulas.

Neste ano foram 100 mil vagas liberadas pelo programa e sequer há informações sobre quantos estudantes estão nesta situação, certamente milhares. Nenhum prazo ou resolução foram divulgados também.

Isso é um desrespeito com os estudantes e famílias brasileiras. Uma situação inadmissível de consequências gigantescas para uma geração de ingressantes universitários em todo o país que agora se encontram numa situação de desespero e desamparo. Ricardo Vélez está prejudicando muito a educação brasileira com sua incompetência, não dá mais pra o Ministério da Educação continuar paralisado.

Queremos deixar o nosso mandato à disposição para ajudar no que pudermos. Convidamos os estudantes de São Paulo para uma reunião presencial no dia 05/03 às 18h30 na nossa sede.

Endereço: Rua Parintins, 58 – Barra Funda.

Diga NÃO
à Reforma da Previdência

A reforma da previdência está tramitando na Câmara Federal e só a pressão do povo organizado será capaz de derrotar o projeto. Queremos espalhar essa luta por todo o estado de São Paulo. Assine o abaixo-assinado, abra um comitê doméstico contra a reforma da previdência e junte-se a nós nessa importante batalha em defesa dos direitos do povo brasileiro.

0 assinaturas
0 comitês
0 cidades
Quero participar

Conheça a deputada
Sâmia Bomfim

Sâmia Bomfim tem 29 anos, foi vereadora de São Paulo e, atualmente, é deputada federal pelo PSOL. Elegeu-se com 250 mil votos, sendo a mais votada do partido e a oitava mais votada de todo o estado de São Paulo. Seu mandato jovem e feminista levanta bandeiras que a maioria dos políticos não tem coragem de levantar. Ela é linha de frente no enfrentamento do conservadorismo e na oposição aos desmandos do governo Bolsonaro, defendendo sempre a maioria do povo.

Nossas bandeiras
na Câmara Federal

  • Lutar para ampliar e garantir os direitos das mulheres.
  • Lutar contra a reforma da previdência e a retirada de direitos dos trabalhadores.
  • Defender a educação pública e os professores.

Ler mais