Sâmia Bomfim

  • LGBT

Eventos LGBT marcam fim de semana histórico no Brasil

Debate com Sâmia e David, Parada e outras marchas reuniram milhões de pessoas em SP.

O penúltimo fim de semana de junho vai entrar para a história do Brasil. Diversos eventos com a temática LGBT reuniram milhões de pessoas em SP para discutir a questão de gênero e sexualidade no país.

No sábado, 22, o evento A luta LGBT e o governo Bolsonaro reuniu mais de 400 pessoas interessadas em ouvir os deputados federais, Sâmia Bomfim e David Miranda, o deputado distrital Fábio Felix, as codeputadas estaduais Monica Seixas e Erika Hilton, da Bancada Ativista, e Maíra Mee Daher Dutra da Silva, lésbica socialista, integrante da Caminhada de Mulheres Lésbicas e Bissexuais de São Paulo.

Sâmia lembrou que o governo Bolsonaro mantém um projeto de extermínio das minorias. “O que eles querem fazer com essa reforma da Previdência deixa muito claro que a única preocupação desse governo é promover um desmonte do Estado brasileiro”. Já Erika Hilton destacou que a necropolítica é uma realidade no Brasil, “desde que os europeus pisaram aqui”, mas que é preciso resistir. Monica Seixas corroborou a visão de Erika e acrescentou que “nós, de esquerda, precisamos estar cada vez mais organizados e juntos para conseguir barrar todos os retrocessos”.

Após as intervenções marcantes de Fábio Félix e Maíra Mee, David Miranda finalizou o debate – marcado por muitos aplausos e manifestações de carinho e admiração e apoio aos deputados, com uma fala emotiva e combativa. Lembrou das ameaças de morte que ele e sua família estão sofrendo após seu marido, o jornalista Glenn Greenwald, ter publicado pelo site The Intercept Brasil trechos de conversas privadas entre Sérgio Moro e procuradores da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, entre eles Deltan Dallagnol.

Além disso, a 2ª Marcha do Orgulho Trans e a XVII Caminhada de Mulheres Lésbicas e Bissexuais de SP reuniram milhares de pessoas, e a Parada LGBT atraiu milhões de pessoas para Av. Paulista, coroando o fim de semana marcado por eventos de resistência e luta LGBT.

Outros eventos ocorrerão ao longo desta semana. Um deles é a Audiência Pública – Políticas LGBTs: Avanços e Retrocessos, que ocorrerá na quinta-feira, 27, às 19h na Alesp. Apoiar todas essas iniciativas é fundamental para evitar ainda mais retrocessos promovidos por esse governo LGBTfóbico.

Este é o podcast da Sâmia Bomfim, deputada federal pelo PSOL/SP. Aqui conversamos sobre os principais acontecimentos do Brasil e do mundo.

Conheça a deputada
Sâmia Bomfim

Sâmia Bomfim tem 29 anos, foi vereadora de São Paulo e, atualmente, é deputada federal pelo PSOL. Elegeu-se com 250 mil votos, sendo a mais votada do partido e a oitava mais votada de todo o estado de São Paulo. Seu mandato jovem e feminista levanta bandeiras que a maioria dos políticos não tem coragem de levantar. Ela é linha de frente no enfrentamento do conservadorismo e na oposição aos desmandos do governo Bolsonaro, defendendo sempre a maioria do povo.

Nossas bandeiras
na Câmara Federal

  • Lutar para ampliar e garantir os direitos das mulheres.
  • Lutar contra a reforma da previdência e a retirada de direitos dos trabalhadores.
  • Defender a educação pública e os professores.

Ler mais