Sâmia Bomfim

  • Saúde

Mandato de Sâmia Bomfim recebe denúncias contra diretoria do Metrô de SP

Segundo a delação, funcionários não têm acesso aos procedimentos de saúde recomendados pela OMS.

O mandato da Deputada Sâmia Bomfim recebeu algumas denúncias de que a diretoria do Metrô de SP não está garantindo que seus funcionários tenham os cuidados necessários para evitar o contágio do COVID-19 (Coronavírus).

Há relatos de que nas estações e demais postos faltam insumos básicos, como sabonete líquido, álcool em gel, papel toalha, entre outros. Além disso, a quantidade de equipamentos de proteção, como luvas e máscaras, é insuficiente para atender a todos os funcionários. Também não há lugar suficiente para dispensa de materiais contaminados.

Todos nós sabemos dos riscos e das restrições que o mundo está enfrentando por conta do Coronavírus. Diante desse contexto, é necessário que a Diretoria do Metrô de SP tome uma atitude urgente para garantir que todos seus funcionários tenham a saúde preservada. Exigimos um plano de redução de prestação de serviço, a exemplo do que foi feito em outros países.

Este é o podcast da Sâmia Bomfim, deputada federal pelo PSOL/SP. Aqui conversamos sobre os principais acontecimentos do Brasil e do mundo.

Conheça a deputada
Sâmia Bomfim

Sâmia Bomfim tem 29 anos, foi vereadora de São Paulo e, atualmente, é deputada federal pelo PSOL. Elegeu-se com 250 mil votos, sendo a mais votada do partido e a oitava mais votada de todo o estado de São Paulo. Seu mandato jovem e feminista levanta bandeiras que a maioria dos políticos não tem coragem de levantar. Ela é linha de frente no enfrentamento do conservadorismo e na oposição aos desmandos do governo Bolsonaro, defendendo sempre a maioria do povo.

Nossas bandeiras
na Câmara Federal

  • Lutar para ampliar e garantir os direitos das mulheres.
  • Lutar contra a reforma da previdência e a retirada de direitos dos trabalhadores.
  • Defender a educação pública e os professores.

Ler mais