Sâmia Bomfim

  • Saúde

Sâmia Bomfim e Andréa Werner exigem que planos de saúde ofereçam atendimento remoto a pacientes com deficiência

Empresas se negam a prestar atendimento; bancada do PSOL protocolou PL para obrigar serviço.

A deputada Sâmia Bomfim e Andréa Werner, jornalista e liderança social, protocolaram no Ministério Público um pedido de intervenção para que planos de saúde ofereçam atendimento remoto durante o período de quarentena.

Leia mais aqui.

Sâmia e Andréa receberam centenas de denúncias de mães e pais de crianças e adolescentes com deficiência sobre convênios que se negaram a oferecer atendimento remoto, alegando que tal serviço não está previsto em contrato.

Sâmia explica que “as empresas não podem se recusar a oferecer um atendimento virtual aos pacientes que precisam de acompanhamento. Essa atitude é desumana, até porque a Covid-19 impôs uma nova realidade ao mundo, e essas empresas de saúde não podem abandonar seus pacientes à própria sorte.”

“Antes da pandemia da Covid-19, crianças e adolescentes com deficiência tinham acesso semanal a terapias e atendimento médico através dos planos de saúde. A necessidade do isolamento social rompe com uma rotina importantíssima para a saúde física e mental dessas crianças e adolescentes, e também de suas mães, que se veem sem o amparo desses profissionais em uma fase tão delicada”, afirma Andréa.

Projeto de Lei

Além da denúncia no Ministério Público, a deputada Sâmia, junto com a bancada do PSOL, protocolou um projeto de lei para obrigar os planos de saúde a ofertarem atendimento remoto.

Dentre as atividades previstas no PL estão: orientação e encaminhamento de pacientes à distância; monitoramento de parâmetros de saúde ou doença à distância; troca de informações e opiniões entre médicos, para auxílio diagnóstico ou terapêutico; telediagnóstico e teletriagem.

Saiba mais aqui.

Este é o podcast da Sâmia Bomfim, deputada federal pelo PSOL/SP. Aqui conversamos sobre os principais acontecimentos do Brasil e do mundo.

Conheça a deputada
Sâmia Bomfim

Sâmia Bomfim tem 30 anos, foi vereadora de São Paulo e, atualmente, é deputada federal pelo PSOL. Elegeu-se com 250 mil votos, sendo a mais votada do partido e a oitava mais votada de todo o estado de São Paulo. Seu mandato jovem e feminista levanta bandeiras que a maioria dos políticos não tem coragem de levantar. Ela é linha de frente no enfrentamento do conservadorismo e na oposição aos desmandos do governo Bolsonaro, defendendo sempre a maioria do povo.

Nossas bandeiras
na Câmara Federal

  • Lutar para ampliar e garantir os direitos das mulheres.
  • Lutar contra a reforma da previdência e a retirada de direitos dos trabalhadores.
  • Defender a educação pública e os professores.

Ler mais